Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

Desenvolvimento Sustentável”, onde analisa os seus contributos no alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela ONU.
No documento, são explicadas as diferentes iniciativas de caráter global, regional e nacional colocadas em prática pela UNESCO e de que forma estas permitiram avançar em direção a um desenvolvimento sustentável. Através de múltiplos projetos nas valências da Educação, da Ciência, da Cultura e da Comunicação, a UNESCO contribuiu de forma integrada e interligando os 17 Objetivos.
Entre vários programas colocados em prática, destacam-se o Quadro de Ação para a Educação 2030, o Programa Hidrológico Internacional (PHI), o Programa “O Homem e a Biosfera” (MAB), o Programa Internacional de Geociências e Geoparques (IGGP), a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI), o Programa de Gestão das Transformações Sociais (MOST), o Comité do Património Mundial, as Redes de Cidades Criativas e de Aprendizagem e diversos projetos no âmbito do Turismo Sustentável, entre outros.
No entender da UNESCO, estas iniciativas poderão acelerar o desenvolvimento sustentável baseado em princípios de universalidade, inclusão, responsabilidade, interligação, paz, tolerância, multiculturalismo, cidadania e cooperação, que fomentam a resolução de crises e conflitos, avanços na ciência e na tecnologia, diminuição de desigualdades e proteção dos Direitos Humanos.
Nas palavras de Forest Whitaker, Enviado Especial da UNESCO para a Paz e Reconciliação, “a UNESCO, através das suas capacidades na Educação, na Ciência, na Cultura e na Comunicação, está muito bem posicionada para apoiar os países a tornar estes Objetivos Globais numa realidade para todos”.

A publicação pode ser consultada aqui.

fonte: CNU de Portugal

Acessos: 20
Imprimir