UNESCO organizou uma reunião on-line com o grupo ad hoc de ministros da educação

Índice do artigo

A ministra croata da Ciência e Educação, Blazenka Divjak, compartilhou a abordagem de seu país, que antes de tudo favoreceu o conteúdo adaptado aos professores. O Estado está agora a aumentar o seu apoio para os ajudar a desenvolver materiais de aprendizagem de forma independente, a apropriar-se do processo e a sentir-se confortável num ambiente digital.

Vários ministros se referiram as medidas a serem tomadas para combater as desigualdades. A Itália anunciou 85 milhões de euros para apoiar o ensino à distância para 8,5 milhões de alunos e estudantes e para melhorar a conectividade de rede nas regiões encravadas.

Comentar


Código de segurança
Atualizar