UNESCO reuniu representantes dos ministérios responsáveis pela ciência em todo o mundo

Índice do artigo

Segundo Swaminathan, cientista-chefe da OMS, "a colaboração é realmente fundamental para a partilha de conhecimentos e de dados, bem como para o avanço da investigação COVID-19". Numa altura em que as barreiras ao comércio e aos transportes impedem a circulação de materiais críticos, é importante sublinhar que a ciência deve poder liderar a resposta global a esta pandemia".

Anyang Agbor, da União Africana, sublinhou que "África precisa de uma empresa de investigação mais forte que mobilize o mundo académico e os sectores público e privado. A União Africana, no final de 2019, reconheceu a Ciência Aberta como um factor de mudança no combate às desigualdades".

Para mais informações click no link

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar