Combate ao tráfico ilícito de bens culturais durante a COVID-19 - Escavações ilegais e comércio on-line Reunião de Peritos Online

Índice do artigo

O nosso tempo tem sido caracterizado por muitos desafios, tais como o aquecimento global, distúrbios civis, conflitos armados e extremismo violento. Estes acontecimentos expuseram os bens culturais a uma grande ameaça, nomeadamente o tráfico ilícito, tornando a luta contra este fenómeno um desafio social nos últimos 50 anos.

Hoje estamos enfrentando um novo desafio, uma crise de saúde global sem precedentes. A pandemia da COVID-19 afectou a nossa sociedade de muitas maneiras diferentes: primeiro em termos de saúde, depois em termos socioeconómicos e também culturais. Diante de uma crise sanitária mundial sem precedentes, a grande maioria dos países impôs medidas de quarentena e de isolamento. Devido ao foco em medidas sanitárias e restrição do movimento de pessoas, a vigilância de locais culturais e museus foi impactada. Isto levou a um aumento das escavações ilegais nos sítios arqueológicos e das actividades de tráfico de bens culturais, incluindo online.

Comentar


Código de segurança
Atualizar