Candidaturas abertas para jovens interessados em participar da 2ª edição da Bienal de Luanda

A ideia de lançar a Bienal para uma cultura de paz surgiu em Luanda (Angola) durante o Fórum Pan-Africano "Fontes e recursos para uma Cultura de Paz" organizado conjuntamente pela UNESCO, União Africana e Governo de Angola em Março de 2013. O Fórum permitiu, o lançamento de um movimento continental e sustentável para uma cultura de paz em África e, por outro lado, ajudou a sensibilizar e mobilizar campanhas a nível nacional sob o lema da União Africana “Agir pela paz”.

A primeira edição da Bienal decorreu de 18 a 22 de Setembro 2019 em Luanda, Angola.

 O Comunicado Oficial da Bienal de Luanda está disponível aqui

O relatório preliminar da Bienal de Luanda está disponível aqui (em inglês)

Lista de todos os Parceiros e Patrocinadores Oficiais da Bienal de Luanda

A Bienal foi baseada em três eixos :

  1. Fórum de Parceiros - Aliança para África, uma grande oportunidade para apoiar programas emblemáticos para África através do desenvolvimento de projetos em maior escala e iniciativas que provaram ser bem sucedidas no continente africano
  2. Fórum de Ideias, Fórum da Juventude e das Mulheres, três plataformas de reflexão sobre o futuro de África, visando a divulgação de boas práticas e soluções para a prevenção e resposta a crises, resolução e atenuação de conflitos
  3. Festival de culturas, onde os países africanos e das diásporas poderão mostrar as suas diversidades culturais e suas capacidades de resiliência aos conflitos e violências.

 Esta 2ª Ediçao, que decorrerá de de 04 a 08 de Outubro de 2021 em Angola, organizada pelo Governo angolano, com patrocínio da UNESCO, Comissão da União Africana e  ICESCO e sob o tema "Diversidade Cultural e Patrimonial de África e as suas Diásporas",contará com a participação de 150 jovens de ambos os sexos que serão selecionados a partir deste anúncio que vai de 30 de Junho a 20 de Julho de 2021. 

Na primeira edição, acima referida, da Bienal de Luanda Cabo Verde fez-se representar por uma delegação e agora abre-se mais esta oportunidade aos jovens líderes.  Neste sentido, a Comissao Nacional da UNESCO em Cabo Verde  faz saber ao público jovem  que estão abertas candidaturas para, j interessados, participar da 2ª edição da Bienal de Luanda - "Pan-African Forum for the Culture of Peace" ("Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz") para participar no diálogo intergeracional entre líderes e jovens conforme a nota conceptual infra.

Você é um jovem líder africano ou afrodescendente apaixonado pela cooperação internacional?

Você tem 35 anos ou menos? Envie-nos a sua candidatura preenchendo o seguinte formulário para participar no Diálogo Intergeracional na próxima Bienal de Luanda organizado pela UNESCO, União Africana e Angola, com a participação do ICESCO.

Fórum Pan-Africano "A juventude africana e o desafio de promover uma cultura de paz

Nota conceptual 

 Registe AQUI.

Outros documentos de apoio:

Relatório do Bienal de Luanda  2019

A gravação vídeo do lançamento de relátorio está disponível em inglês aqui

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar