EDUCAÇÃO
A educação transforma vidas e está no centro da missão da UNESCO de construir a paz, erradicar a pobreza e impulsionar o desenvolvimento sustentável.
CIÊNCIA
A criação de conhecimento e entendimento por meio da ciência possibilita-nos encontrar soluções para os desafios econômicos, sociais e ambientais atuais e a alcançar o desenvolvimento sustentável e sociedades mais ecológicas.
CULTURA
No mundo interconectado de hoje, o poder da cultura de transformar as sociedades é incontornável.
COMUNICAÇÃO
Como agência das Nações Unidas com um mandato específico para promover “o livre fluxo de ideias por palavra e imagem.
PRÉMIOS DA UNESCO
Prémio UNESCO no uso das TICs na Educação
PRÉMIOS DA UNESCO
Prémio Kalinga da UNESCO para a Popularização da Ciência
PRÉMIOS DA UNESCO
Prémio UNESCO-Japão de Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2021
Netflix e UNESCO lançam competição inovadora
CULTURA E ARTE CINEMATROGRAFICA
NO_RESULT

Novo anúncio de emprego de carreiras da UNESCO 2021

Expirado

A comissão Nacional de Cabo Verde para a UNESCO faz saber, ao publico, que se encontra aberta candidaturas para o cargo de Director da Divisão de Parceiros uma vaga para um/uma Diretor/Diretora para coordenar o Programa de Planificação Estratégica do Gabinete de Planificação e Estratégias da UNESCO

DIRECTOR DA DIVISÃO DE PARCERIAS

  • Número do posto: BSP 004
  • Categoria: D-1
  • Sector de afectaçao: Gabinete da Planificaçao Estrtágica
  • Lugar de trabalho: Paris
  • Carreira profissional: Coordenação do programa
  • Tipo de contrato: Contrato a prazo fixo
  • Recrutamento aberto a : Candidatos internos e externos
  • Data de encerramento das candidaturas (meia-noite, hora de Paris)05-JAN-2022

RESUMO DAS FUNÇÕES DO POSTO

A Divisão de Parcerias, no seio do Gabinete de Planeamento Estratégico (GPE) da UNESCO, é responsável pela coordenação dos parceiros públicos e privados da UNESCO, incluindo os principais interlocutores dos doadores bilaterais, agências da ONU e organizações multilaterais, instituições regionais tais como a União Europeia (UE) ou bancos regionais, sociedade civil, organizações filantrópicas, fundações e empresas. Esta Divisão é responsável por diversificar e alargar a base de doadores da UNESCO e fornecer apoio e orientação aos sectores de programas, escritórios sedeados fora da sede central e institutos de categoria 1 da UNESCO na construção de parcerias e mobilização de recursos. A Divisão de Parcerias é responsável pelo desenvolvimento de estratégias de parceria e mobilização de recursos, em conformidade com a reforma das Nações Unidas e as melhores práticas nestas áreas.

Sob a responsabilidade directa do Director do BSP, o titular será responsável por:

Mobilização de parcerias: desenvolvimento de parcerias estratégicas

- Desenvolver parcerias inovadoras e ambiciosas para aumentar o alcance e o impacto dos esforços em curso da UNESCO para fazer avançar as prioridades da Organização.

- Coordenar a gestão das relações entre parceiros e doadores e, quando apropriado, maximizar estas relações para gerar maior impacto através dos rendimentos e visibilidade global para a Organização.

- Fornecer a novos e potenciais doadores conhecimentos estratégicos sobre concepção de programas, relevância e impacto para promover o trabalho da UNESCO.

Mobilização de recursos: aumentar os rendimentos

- Prospecção de novos parceiros e promoção da UNESCO junto de potenciais doadores públicos e privados para gerar um financiamento mais flexível e previsível. 

- Expandir e diversificar os fluxos de financiamento para fazer avançar as prioridades e objectivos estratégicos da UNESCO e as colaborações existentes.

- Identificar e explorar oportunidades estratégicas e inovadoras de angariação de fundos com doadores públicos e privados novos e tradicionais.

Gestão da Divisão de Parcerias

- Fornecer liderança intelectual e orientação técnica.

- Promover o trabalho de equipa para fomentar o alinhamento, colaboração e sinergia e, através de gestores de topo, assegurar que os membros do pessoal tenham informação, orientação e apoio suficientes para trabalhar e produzir resultados que satisfaçam os padrões organizacionais, pessoais e profissionais de eficiência, responsabilidade e integridade.

- Implementar políticas e procedimentos para assegurar a devida diligência e eficiência na mobilização de recursos. 

COMPETÊNCIAS (Fundamentais/gerenciais)

Comunicação (F)

Prestação de contas (F)

Inovação (F)

Partilha de conhecimentos e melhoria contínua (F)

Planeamento e organização (F)

Cultura orientada para os resultados (F)

Trabalho de equipa (F)

Profissionalismo (C)

Construção de parcerias (M)

Liderar e gerir a mudança (M)

Liderar e capacitar os colegas (M)

Capacidade de tomar as decisões certas (M)

Comportamento de monitorização (M)

 Para mais informações, por favor consultar o Quadro Referencial da UNESCO.

QUALIFICAÇÕES EXIGIDAS

 EDUCAÇÃO

- Pós-graduação (mestrado ou equivalente) em gestão empresarial, desenvolvimento internacional, economia, ciência política, marketing ou outro campo relacionado.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

- Pelo menos 15 anos de experiência profissional relevante, particularmente no campo da mobilização de recursos, incluindo no sector empresarial, de preferência quatro anos a nível internacional.

- Experiência comprovada na negociação de contribuições e acordos de parceria.

- Experiência no desenvolvimento de um quadro estratégico para a mobilização de recursos e/ou construção de parcerias.

- Experiência comprovada, baseada em resultados, no desenvolvimento de parcerias a nível global e na mobilização de recursos em contextos institucionais.

- Experiência comprovada na gestão de grandes equipas.

- Experiência em avaliação de risco.

- Experiência comprovada na construção e manutenção de redes profissionais com doadores a nível internacional.

- Experiência de sistemas e ferramentas de gestão do conhecimento.

- Historial comprovado na identificação de novas fontes de rendimento ou na gestão bem-sucedida de parcerias estratégicas a nível mundial.

HABILIDADES/COMPETÊNCIAS

- Excelente capacidade de resolução de problemas e negociação; capacidade de recolher, analisar, organizar, divulgar e apresentar informação.

- Excelentes capacidades de comunicação e trabalho em rede.

 LÍNGUAS

- Excelentes conhecimentos (escritos e orais) de inglês ou francês, e bons conhecimentos da outra língua.

QUALIFICAÇÕES DESEJADAS

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

- Experiência de trabalho com o sector privado, ONG e organizações sem fins lucrativos.

- Experiência no sistema das Nações Unidas ou em grandes organizações multilaterais.

- Experiência no desenvolvimento de parcerias com o sector privado e fundações.

- Experiência em diplomacia económica.

 HABILIDADES/COMPETÊNCIAS

- Conhecimento dos campos de actividade da UNESCO e dos parceiros e doadores relevantes.

LÍNGUAS

- Conhecimento de outras línguas oficiais da UNESCO (árabe, chinês, espanhol e russo).

SALÁRIOS E SUBSÍDIOS

Os salários da UNESCO consistem num salário de base e outras prestações que podem incluir, conforme o caso:

férias anuais de 30 dias, subsídios de dependência, seguro de saúde, regime de pensões, etc.

PROCESSO DE SELECÇÃO E RECRUTAMENTO

É favor notar que todos os candidatos devem preencher uma candidatura online e fornecer informações completas e precisas. Para se candidatar, por favor visite o site de Carreiras da UNESCO. Não podem ser feitas alterações ao pedido apresentado.

 A avaliação dos candidatos é baseada nos critérios do anúncio de vaga e pode incluir testes e/ou avaliações, bem como uma entrevista baseada na competência. 

 A UNESCO utiliza tecnologias de comunicação tais como vídeo ou teleconferência, correspondência electrónica, etc., para a avaliação dos candidatos.

Note-se que apenas os candidatos pré-seleccionados serão contactados e que os candidatos na fase final de selecção serão sujeitos a uma verificação de referência com base nas informações fornecidas.

A UNESCO tem uma política de tolerância zero em relação a qualquer forma de assédio.

A UNESCO está empenhada em alcançar e manter a paridade de género entre os seus funcionários em todas as categorias e a todos os níveis. Além disso, a UNESCO está empenhada em criar diversidade de pessoal em termos de género, nacionalidade e cultura. Pessoas de grupos minoritários, grupos indígenas e pessoas com deficiência, bem como nacionais de Estados Membros não representados ou sub-representados (por favor clique aqui para a última actualização) são também encorajados a candidatarem-se. Todas as candidaturas serão tratadas com a máxima confidencialidade. A mobilidade internacional é necessária para os membros do pessoal nomeados para postos internacionais. A UNESCO não cobra uma taxa em nenhuma fase do processo de recrutamento.

Para efeito de candidaturas indicamos o link onde poderão, os interessados, fazer as suas dividas inscrições na base de dados da secção de carreiras da UNESCO: https://careers.unesco.org/careersection/2/joblist.ftl

Documentos e Arquivos

Manuais Interativos
Arquivos e Anexos
Biblioteca Digital

Nosso Escritório